+351 253 818 115

Quinta de Chocapalha Reserva Vinha Mae Tinto 2015

Opaco na cor com tonalidade violeta. Boa concentração no nariz, com notas de fruta preta madura e algumas notas florais. Na boca, apresenta frescura, com taninos ricos e maduros, o que confere ao vinho uma excelente estrutura e um grande potencial para envelhecimento em garrafa. O final de boca é intenso, elegante e longo.

24,30 €
IVA a 13% incluído

Ref. 1107


EAN
5607951170155

Capacidade
0,75l

Teor d'alcool
12,5º

Produtor
Quinta da Chocapalha

Pais de origem
Portugal

Região
Lisboa

Tipo de produto
Vinho de Mesa Tinto

Castas
Tinta Roriz, Touriga Nacional,Syrah

Descrição

Vinificação: As uvas, previamente desengaçadas, passaram por uma maceração pré-fermentativa a baixas temperaturas, durante 18 horas. A fermentação alcoólica foi feita em lagares, não ultrapassando 26oC, durante 10 dias, com utilização de robot de pisa. A fermentação maloláctica e o estágio foram efectuados em barricas de carvalho Francês, durante 20 meses.

Informação Complementar

Produtor | A Quinta de Chocapalha : está situada na Aldeia Galega, em Alenquer, na Região de Lisboa. Embora a conheçamos como produtor bastante jovem em termos de vinhos engarrafados, os registos desta quinta remontam ao Séc. XVI, por altura do Reinado de D. João VI. Os destinos desta Casa secular, mudam radicalmente com a aquisição desta pela família Tavares da Silva, nos anos 80. Depressa a família investiu enormemente na vinha e nas condições para a vinificação de vinhos, tendo como objectivo único a qualidade máxima dos vinhos, bem como manter a reputação a que esta Quinta esteve associada desde sempre. Tudo estava preparado então para que Sandra Tavares da Silva, produtora de renome no Douro, e filha do Casal Tavares da Silva, tomasse as rédeas da enologia da casa. Depressa se percebeu que esta quinta daria belíssimos vinhos e da mesma forma se tornaria em um dos mais importantes e melhores produtores da Região de Lisboa. Nos seus 45ha de vinha, a quinta produz brancos e tintos, a partir de castas nacionais, como a Touriga Nacional, a Tinta Roriz ou a Arinto, e internacionais, como o Cabernet Sauvignon. Os seus vinhos estão efectivamente entre os melhores da região e são um deleite à mesa.