+351 253 818 115

João Clara Negramole Tinto 2017

Como o enólogo conseguiu nutrir a humilde uva Negra Mole para nos dar um vinho suave e deliciosamente leve no estilo da Borgonha, mesmo com as notas típicas de couro e frutas frescas, é, para dizer o mínimo, surpreendente.

21,25 €
IVA a 13% incluído

Ref. 370


EAN
5602641067548

Capacidade
0,75l

Teor d'alcool
14,5º

Produtor
João Clara

Pais de origem
Portugal

Região
Algarve

Tipo de produto
Vinho de Mesa Tinto

Castas
Negra Mole

Descrição

Vinificação: Colheita manual muito cuidadosa e uma seleção rigorosa na adega. Vinificado em cubas de inox com temperatura controlada de 14 º C a 16 º C. Estagiou 14 meses em barricas de carvalho francês e 14 meses em garrafa.

Informação Complementar

Produtor | João Clara é um projeto que nasceu nos anos 70 em Alcantarilha, Algarve e já conta com 3 gerações desde então.João Maria Alves é o nome do seu pioneiro, mas foi por João Clara que sempre foi conhecido e que acabou por dar também nome a Quinta. 2006 Joaquim João, filho de João Clara, segunda geração e o visionário fez mostrar um novo Algarve ao país e ao mundo com as primeiras garrafas de vinho tinto com o apoio enológico de António Maçanita . Hoje, já na terceira geração as filhas e a mulher e muitas mais garrafas de vinho, seguem os seus sonhos, e o sucesso tem se vindo a concretizar ano após ano. Mantiveram as castas já escolhidas como Syrah, Touriga nacional, Trincadeira e Alicante bouschet, bem como o seu “Jardim” como Joaquim lhe chamava, uma vinha velha de Negra Mole. Entre muitos papeis e escritas deixados por Joaquim João estava na sua ideia plantação de vinhas de castas brancas e uma adega, foram estes os desejos que Ana, Joana e Edite Alves realizaram e continuam a realizar. Neste momento, a Quinta João Clara, tem um total de 14 hectares de vinhas com diferentes zonas de solos que vão de argilas vermelhas, areias e solos argílo calcários, saem monovaríetais como Alvarinho, Syrah e Negra Mole, bem como reservas sobre a Enologia de Joana Maçanita, a enóloga que fez com que todos os sonhos se transformassem em vinho. O sucesso do projeto e vinhos é real, porque as mulheres que estão por detrás não desistem dos seus ideais continuam a acreditar no que Joaquim João tinha visionado